Patronato recua e apresenta avanços na mesa de negociação

Patronato recua e apresenta avanços na mesa de negociação

Com greve marcada para começar a qualquer momento, os trabalhadores químicos continuam mobilizados. A união da categoria possibilitou avanços na mesa de negociação. A reunião com o patronato aconteceu na  terça-feira (09), na sede do Quimbahia. No encontro, o patronato concordou em renovar a Convenção Coletiva de Trabalho e propôs criar um Grupo de Trabalho bipartite que terá como objetivo elaborar um estudo sobre as empresas do setor. Manteve o reajuste salarial de acordo com a inflação do período.

Infelizmente, continua rejeitando a proposta de incluir na CCT a cláusula de salvaguarda que garante as condições de trabalho sem interferência da reforma trabalhista. O Sindiquímica reafirmou a necessidade de ter a cláusula de salvaguarda devido à atual conjuntura. O Quimbahia se comprometeu a levar a reivindicação para análise das empresas e dará uma resposta na próxima reunião de negociação que acontecerá no dia 16/01, na sede do sindicato patronal.

Leia aqui a ata da reunião de negociação

e-max.it: your social media marketing partner