Assembleias estão rejeitando proposta patronal de zerar inflação sem ganho real

Assembleias estão rejeitando proposta patronal de zerar inflação sem ganho real

Trabalhadores do Pool 1 e da Braskem decidiram, em assembleia ocorrida nesta quinta-feira (06), rejeitar a proposta patronal de zerar a inflação e negar ganho real. Também rejeitaram a sugestão encaminhada pelo patrão sobre a cláusula 4ª no parágrafo 3º que se refere ao HRA. A resposta patronal foi apresentada na rodada de negociação ocorrida na quarta-feira (05) na Federação das Indústrias (FIeb), em Salvador. Outros pontos foram considerados um avanço pelo Sindiquímica, a exemplo de  criar grupos de trabalho que a cada três meses se reunirá para discutir as questões de saúde e segurança, além de renovar as cláusulas da CCT.

Na negociação, o sindicato lamentou a posição do patronato de negar ganho real. A indústria petroquímica está em um  ciclo de alta com elevação dos preços dos produtos petroquímicos de uso industrial, o que garante a lucratividade das empresas. Os trabalhadores sofrem com a perda do poder aquisitivo devido aos aumentos dos alimentos, reajustes acima da inflação das escolas particulares dos filhos e os planos de saúde.

É bom ressaltar que a categoria está mobilizada. Nas últimas negociações, os trabalhadores criaram a estratégia de enquanto se negocia, em Salvador, algumas fábricas permanecem com as atividades paralisadas. Nesta quarta-feira foram os trabalhadores da Elekeiroz (Camaçari) e Dow Química (Candeias) que ficaram paradas, aguardando o resultado da negociação.

O Sindiquímica está iniciando as assembleias para colocar em apreciação a contraproposta patronal. Na luta por  ganho real!

Leia aqui a ata da negociação

e-max.it: your social media marketing partner